economizar para abrir negócio

Descubra como economizar para abrir um negócio

Exceto para quem tem fácil acesso a investidores ou se arriscam a buscar financiamentos, economizar para abrir um negócio é o principal caminho de quem deseja conquistar liberdade financeira.

No entanto, essa alternativa pode significar um grande desafio para quem vive limitado por um orçamento apertado. Então, o que fazer? Como garantir os recursos necessários para começar um projeto que tenha potencial de gerar riqueza?

A seguir, você vai aprender soluções práticas para acumular o capital que você precisa e dar início ao um negócio próprio. Continue a leitura e descubra por que vale a pena alimentar o seu sonho e o que fazer para financiá-lo sem se atrapalhar com dívidas inconsequentes.

Vale a pena abrir um negócio?

Imagine colocar em atividade o sonho de um projeto que produza benefícios reais à sociedade e receber por isso a justa recompensa pelos seus esforços. É claro que isso significa enfrentar grandes desafios, mas coloque os resultados na balança. Parece valer a pena?

Servir a uma causa é apenas uma das muitas razões que justificam a decisão de investir em uma ação empreendedora. Outro bom motivo é proporcionar à família uma condição financeira confortável e livre.

De todo modo, seja qual for a razão, ser dono do próprio negócio permite ao indivíduo maior autonomia diante da configuração da sociedade. Afinal, aquele que desenvolve os próprios meios de produzir riqueza está muito menos limitado pelas condições político-econômicas do que quem espera que as oportunidades apareçam.

Portanto, economizar para abrir um negócio próprio pode ser o primeiro passo da decisão de assumir responsabilidade pela própria vida. 

Como economizar para abrir um negócio?

O princípio que deve orientar quem esteja disposto a poupar para empreender é muito simples: viva abaixo dos seus rendimentos. Essa é a única maneira de gerar excedentes que possam ser reservados para financiar o seu projeto.

Entretanto, dependendo das condições financeiras do empreendedor, pode ser difícil em um primeiro momento sustentar a decisão de guardar parte dos recursos para começar um negócio. Por isso, as dicas a seguir trazem soluções práticas para ajudar você a começar da maneira correta sua jornada empreendedora. 

Tenha em mente que os fundamentos dessas recomendações não apenas vão permitir que você consiga poupar mais dinheiro para abrir o seu negócio como, além disso, formarão a base do sucesso da sua futura empresa. Confira!

Construa um orçamento pessoal

A primeira coisa que você deve fazer é manter um registro cuidadoso dos seus rendimentos e despesas. Isso é necessário para que você acompanhe com clareza o movimento das suas finanças.

Você pode desenvolver esse registro como preferir. Hoje em dia, existem muitos aplicativos exclusivos com essa finalidade. Mas você pode anotar até mesmo em um caderno se quiser. O importante é desenvolver o hábito de documentar suas finanças. Sendo assim, mantenha um registro mensal de:

Dê especial atenção à construção de uma reserva de emergência. Assim, quando surgir um imprevisto, você não vai precisar consumir seus fundos de investimento nem recorrer a empréstimos que comprometam seu orçamento pessoal.

Busque uma renda extra

Com um planejamento bem-estruturado, você vai ter uma visão muito mais esclarecida do que acontece com o seu dinheiro. É isso que permite o controle tanto do seu consumo quanto das suas possibilidades de economia.

Contudo, talvez seu orçamento revele que os rendimentos não são suficientes para cobrir todas as suas necessidades e, ao mesmo tempo, economizar para abrir um negócio. Nesse caso, considere procurar por novas fontes de renda.

A internet e o marketing digital trouxeram muitas oportunidades a quem tem disposição. Uma alternativa, portanto, é encontrar trabalhos freelancer nessa área. Vendas também são uma opção simples e muito oportuna para incrementar a sua renda.

De qualquer maneira, encontre meios de elevar os seus ganhos. Dessa forma, além de gerar uma diferença entre rendimento e despesas que te permita economizar para começar seu projeto, você ainda exercita habilidades essenciais para qualquer empreendedor, como:

  • gerenciamento de tempo;
  • disciplina e autocontrole;
  • proatividade;
  • criatividade;
  • pensamento crítico, entre outros.

Controle suas despesas

Agora que você tem um orçamento pessoal bem-desenhado, é fácil acompanhar como seu dinheiro é consumido. Isso não quer dizer, no entanto, que os impulsos de gastar sem necessidade vão deixar de existir.

A diferença é que agora você tem clara visão dos números e de como suas decisões afetam seu planejamento pessoal. Com essa consciência, não é mais possível fingir comprometimento. Portanto, uma vez que suas contas estejam bem-documentadas, assegure-se de:

  • sempre realizar pagamentos dentro do prazo de vencimento para evitar multas e juros de atraso;
  • considerar valores para lazer e diversão e não gastar o que não foi planejado;
  • encontrar meios estratégicos de economizar (comprando no atacado, por exemplo) etc.

Estabeleça metas

Um orçamento pessoal pode ser visto de duas maneiras: por um lado, esse documento reflete exatamente o que vai acontecer com base no passado (valores fixos). Por outro, o passado apenas traz uma ideia do que esperar (valores variáveis).

Muitos desses valores variáveis já podem ser vistos como metas ou limites. No entanto, e se você se propusesse a atingir exatamente os números determinados? No caso das despesas, então, você não ultrapassa o que foi programado. Quanto aos rendimentos, você trabalha com afinco para atingir o alvo.

Esse tipo de determinação é exatamente o que você vai precisar para ter sucesso no seu empreendimento. Sendo assim, a tarefa de economizar para abrir seu negócio já se trata de uma missão empreendedora.

Você também pode determinar suas próprias premiações por alcançar as metas que você definiu. Um jantar especial, um passeio legal com a família durante o fim de semana, não importa. Apenas mostre a si mesmo que sua força de vontade merece ser recompensada.

Não misture as finanças pessoais com as empresariais

Finalmente, quando você atingir o almejado objetivo de acumular o capital necessário para investir no seu projeto, jamais “possua” esses valores. Lembre-se de que sua empresa será uma pessoa jurídica que você comanda, e não uma simples alternativa de renda.

Portanto, não misture seu orçamento pessoal com as finanças do seu negócio. Considere todo o rigor que você aprendeu até aqui como um treinamento para ser capaz de fazer o mesmo com seu projeto.

Nesse caso, os rendimentos provenientes dos lucros da empresa devem ser documentados no orçamento empresarial como seu pró-labore, e este registrado no seu orçamento pessoal como uma das suas fontes de renda.

Dessa maneira, tudo estará tão bem-esclarecido que você, como gestor, estará apto a tomar ações de alto impacto sem correr o risco de prejudicar o desenvolvimento do seu projeto nem o equilíbrio de suas finanças particulares.

Para isso, você pode contar com a VIACERTA Financiadora. Nós temos as melhores opções de crédito para você impulsionar o crescimento da sua empresa sem afetar o equilíbrio das suas contas.

Gostou de aprender de maneira prática como economizar para abrir um negócio? A gente sabe o valor da sua dedicação. Por isso estamos sempre produzindo conteúdos como este para te ajudar a chegar aonde você deseja.

Então, siga nossas redes sociais e acompanhe o nosso trabalho. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.

Não perca nenhum post!
Assine nosso blog e receba conteúdos gratuitos diretamente em seu email.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.