controle de finanças pessoais

Controle de finanças pessoais? Entenda por que é importante!

Nos últimos tempos, os brasileiros sentiram na pele uma série de situações de instabilidade econômica: aumento do dólar, índices de desemprego cada vez mais altos, inflação, perda do poder de compra, mais ocupações informais etc. É difícil encontrar alguém que não tenha sido afetado pela queda da economia no país. Entretanto, uma das principais estratégias de quem conseguiu se manter estável foi o controle de finanças pessoais.

Essa é uma ferramenta de gestão fundamental não só para os momentos de crise, mas também para atingir as metas e objetivos. Por isso, ao longo do texto, falaremos um pouco mais sobre a importância de controlar seu dinheiro para garantir uma vida melhor.

Antes, porém, vamos entender os principais conceitos relacionados a finanças pessoais. Acompanhe!

O que são finanças pessoais?

Como disciplina que mescla os conceitos financeiros e empresariais, bem como a possibilidade de aplicá-los na vida cotidiana, as finanças pessoais fazem parte de uma área de conhecimento da economia que pode ser dividida em dois segmentos:

  • comportamental — procura responder perguntas relacionadas ao estado das pessoas em relação ao dinheiro. Questões do tipo: “o que os padrões psicológicos e emocionais têm a ver com as decisões financeiras das pessoas?;
  • técnica — estuda a parte mais exata das finanças, como os investimentos, as dívidas etc.

Ambos fornecem metodologias e conhecimento prático para lidar com as situações financeiras, ajudando pessoas a entender como podem administrar suas economias e terem atitudes mais positivas com o dinheiro.

Por que é importante saber sobre o controle de finanças pessoais?

O dinheiro é a nossa principal moeda de troca e a representação do valor que damos às coisas. Logo, cuidar do orçamento pessoal não é só decidir não comprar uma blusa porque você já tem uma peça igual em casa. É gerenciar os seus rendimentos com sabedoria, de forma que seja capaz de adquirir o que deseja e ter segurança nos momentos em que a economia não está tão favorável.

A seguir, vamos mostrar bons motivos para você começar a controlar suas finanças.

Evitar o acúmulo de dívidas

O excesso de dívidas pode sugar boa parte do seu orçamento financeiro. Além de débitos que levarão um longo prazo para serem quitados, você ainda precisará lidar com os juros. Essa porcentagem aumenta na medida em que a dívida se torna maior.

No final das contas, uma simples compra que custava R$ 500,00 passa a valer R$ 1.500,00. Para piorar, ainda há a chance de o seu nome ficar sujo, fazendo com que você perca o acesso a financiamentos, empréstimos e outras formas de crédito.

Ser uma pessoa controlada financeiramente é uma das melhores maneiras de se prevenir em relação a essas situações, entendendo o seu orçamento mensal, suas prioridades e limites quando o assunto é dinheiro.

Alcançar metas e objetivos

Todos temos sonhos e queremos conquistá-los. Alguns só precisam de força de vontade, outros necessitam disso e de uma boa quantia de dinheiro. Para este grupo, é fundamental o planejamento para uma conquista mais segura.

Veja o exemplo de comprar um carro. Existem todos os custos envolvidos nessa aquisição: o valor do veículo, o seguro, o IPVA etc. Se a pessoa não tiver isso em mente, é provável que um bem que poderia significar conforto e mobilidade passe a se tornar sinônimo de dor de cabeça.

Saber como gerenciar os seus rendimentos é o que dará segurança para financiar os seus objetivos. Assim, você entenderá o que entra e sai da sua conta e quanto consegue poupar. Poderá até fazer projeções para definir se é melhor buscar um financiamento agora ou esperar até juntar mais dinheiro.

Promover a segurança financeira

Pensar que é possível estar tranquilo durante um imprevisto financeiro, pois sabe que tem o suficiente para passar por essa situação, não é uma exclusividade. Essa condição não é apenas para pessoas com grandes quantias no banco. Mesmo alguém que não tem uma renda muito alta pode formar uma reserva financeira para momentos de emergência.

Esse é mais um dos motivos para ter controle financeiro. Dessa foma, você poderá constituir uma reserva adequada, entendendo quais são os melhores investimentos para poupar, além de obter uma proteção maior em relação ao seu patrimônio.

Garantir uma vida mais tranquila

Saber lidar com o dinheiro, controlando os gastos, poupando e investindo, é uma ação que faz parte do controle financeiro. O principal objetivo dessa prática é trazer mais tranquilidade para as nossas vidas.

Vamos usar o exemplo da aposentadoria. O que é fornecido pelo INSS, para muitos, é insuficiente para garantir uma melhor qualidade de vida na terceira idade — ainda mais com a reforma da previdência, que estenderá o tempo de contribuição. Não dá para ficar dependendo do sistema público.

Assim, procurar formas de acumular dinheiro para garantir um benefício melhor, com mais tranquilidade e aproveitando essa etapa, é fundamental. A maneira mais segura de fazer isso é por meio do controle financeiro, com o qual você saberá como poupar de forma eficiente e as aplicações que podem garantir uma boa aposentadoria.

Ter mais conhecimento financeiro

Após entrar em contato com uma variedade de conteúdos sobre controle financeiro, você estará exposto a uma série de informações relevantes sobre a economia.

A partir disso, entenderá como funcionam alguns aspectos do mercado, saberá sobre investimentos e estratégias para poupar, bem como as formas de lidar com o seu orçamento mensal. Esse conhecimento é essencial para agir em momentos de crise e manter a sua saúde financeira em longo prazo.

Chegamos ao fim do artigo, mas não podemos deixar de ressaltar o quanto é benéfico manter o controle de finanças pessoais. Não só ter o costume de poupar, mas começar a investir e a monitorar o que ganha e como gasta o seu dinheiro. Pequenas atitudes que, com o tempo, terão grande impacto na formação de patrimônio e farão a diferença na sua qualidade de vida.

Curtiu o nosso texto sobre a importância de cultivar bons hábitos financeiros? Quer continuar recebendo esse tipo de conteúdo e aprendendo mais? Então, curta a nossa página no Facebook!

Não perca nenhum post!
Assine nosso blog e receba conteúdos gratuitos diretamente em seu email.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.